Postado por em 21/06/2013 ás 12:06

Que situações propiciam você ser ou estar competente?

Variadas definições surgem de acordo com os temas e questionamentos, aos quais estejam envolvidas às discussões sobre competência: Aprendizagem; Organização; Produtividade; Execução; Possibilidades entre outras. O ritmo rápido dos negócios limitam o tempo disponível na exploração do que pode acontecer; das oportunidades de inovação. A realidade, a incursão do dia a dia, termina sacrificando o futuro, haja vista as inadiáveis situações que ocorrem, não deixam espaço para as coisas importantes e as perguntas que agregam valor à vida e deste modo comprometem em alguns momentos a excelência no que tange o significado de competência.

A competência é conceitualmente formada pelo conjunto de habilidade, atitude e conhecimento, constitui na capacidade mobilizar conhecimentos, valores e decisões para agir de modo pertinente numa determinada situação. Se utilizarmos uma formula a fim de clarificar a temática podemos dizer que: A  ∩ de Talento + Conhecimento que subsidie as habilidades  ↔ Interesse (motivação) + Oportunidade e Atitude = Experiências positivas e negativas. Deste modo a intercessão do talento que o individuo possui aliado ou adicionado aos conhecimentos teóricos e tácitos, que geram e propiciam o uso de habilidades, e que vem a ser equivalentes ao interesse motivacional do individuo, de onde as oportunidades e atitudes podem vir contribuir com a experimentação de resultados positivos ou negativos, centrados em ação.  Podemos dizer que todos esses componentes precisam se “misturar” para que venhamos dizer que somos competentes em determinada área.

Nós enquanto Coaches, lidamos em nossas atividades profissionais com o saber agir em um conglomerado de ações que definem o sentido do entendimento de competência. Que produz como consequência, mobilizar, integrar conhecimentos, recursos agregando valores sociais e “corporativos” se for o caso ao indivíduo. Podemos dizer que a competência nestes casos esta intimamente ligada à inteligência prática, aos insights utilizados em situações aos quais os conhecimentos adquiridos ganham força e aumentam diante da complexidade das situações e à proporção que elas surgem.

Sendo assim deduzimos que a competência do individuo pertence a uma tríade PESSOA (o ser social), FORMAÇÃO EDUCACIONAL, EXPERIÊNCIA DE VIDA, permutadas em múltiplos saberes, como: saber agir, mobilizar recursos, saber aprender, saber engajar-se, assumir responsabilidades, ter visão estratégica. Assim concluímos com a mesma pergunta inicial – Que situações propiciam você ser ou estar competente?

Atendimento Preferêncial

Nome:

Email:

Telefone:

Assunto:

Mensagem: